Economia do Brasil

A economia é uma ciência social que estuda como gerenciar recursos disponíveis para atender às necessidades humanas. Como os recursos do planeta são escassos e, infelizmente, em tudo o que podemos descartar de tudo, somos obrigados a gerenciar os bens para conseguir o que faltamos. A ciência econômica envolve a tomada de decisões de indivíduos, organizações e Estados para alocar recursos escassos.

A economia também se concentra no comportamento dos indivíduos, na sua interação com certos eventos e no efeito que ele produz em seu ambiente (preços, produção, riqueza, consumo, etc.). É uma ciência social porque estuda a atividade humana e o comportamento, que é um objeto de estudo altamente dinâmico.

O objetivo final da economia é melhorar as condições de vida das pessoas e das sociedades. Deve-se ter em conta que os recursos disponíveis são limitados (a escassez existe), mas as necessidades humanas são ilimitadas. Quando uma pessoa decide atribuir um recurso a um uso específico, está descartando seu uso para outra finalidade, que é conhecido como custo de oportunidade.

Saiba mais sobre a Economia do Brasil

A economia também é responsável pelo estudo de todas as fases relacionadas ao processo de produção de bens e serviços, desde a extração de matérias-primas até sua utilização pelo consumidor final, determinando a forma como os recursos limitados são alocados valor.

Os principais objetivos do estudo da economia ao longo do tempo foram o preço dos bens e fatores produtivos (terra, produção, capital e tecnologia), o comportamento dos mercados financeiros, a lei da oferta e da demanda as consequências da intervenção estatal na sociedade, a distribuição da renda, o crescimento econômico dos países e o comércio internacional. Todos esses fatores afetam a forma como os recursos são alocados, a economia tenta alocar recursos de forma eficiente.

Salario Minimo

Como podemos ver, o campo da economia é tão amplo quanto a atividade humana. E é por isso que, juntos, é uma ciência moderna, muitas das teorias da economia não podem ser refutadas, ao contrário das ciências puras, como a matemática ou a física. Os economistas formulam princípios que ajudam a compreender os problemas econômicos e a como resolvê-los. Existem muitos problemas econômicos que são demonstrados, como o equilíbrio de Nash ou o paradoxo da seta.

  • Importantes Segmentos da Economia;
  • A economia pode ser dividida nas principais áreas de estudo;
  • Macroeconomia: que estuda o funcionamento global da economia como um todo integrado;
  • Microeconomia: que estuda o comportamento econômico das empresas, das famílias e dos indivíduos.

Como se encontra nossa Economia

O pensamento econômico derivou em muitas teorias econômicas e escolas, que podemos separar em duas grandes abordagens econômicas:

Os intervencionistas, que defendem a necessidade de uma intervenção ativa do Estado para resolver problemas econômicos. https://www.facebook.com/empregos.brasiil/posts/1396019813846500 Economistas clássicos ou liberais econômicos, que defendem propriedade privada e contratos voluntários. Não consideram necessário a intervenção do Estado para resolver problemas econômicos.
Além disso, podemos separar a economia em dois tipos de correntes filosóficas:

Economia positiva, que se refere aos postulados que podem ser verificados. Economia normativa, que se baseia em julgamentos de valor que não podem ser verificados. Além disso, existem várias maneiras de organizar uma sociedade que pode ser abrangida em maior ou menor grau em um sistema ou outro. As classificações mais importantes dos sistemas econômicos são:

This entry was posted in Serviços. Bookmark the permalink. Comments are closed, but you can leave a trackback: Trackback URL.