IPTU BH 2018 – Entenda as mudanças

Em alguns casos, os desastres políticos resultantes serviram como um inibidor alarmante para qualquer nova tentativa de revisão da base tributável. Para resolver este dilema, várias cidades optaram por aumentar as taxas de imposto do IPTU para compensar a relutância em reavaliar as propriedades. Além disso, para cada nova lei que aprova uma atualização de avaliação, novos tipos de isenções ou reduções de impostos tendem a ser criados, muitas vezes cancelando os esforços para melhorar o desempenho do IPTU.

Como resultado da resistência política, o IPTU foi muitas vezes desconsiderado como fonte de receita para financiamento municipal no Brasil. As maiores cidades, com mais de 500 mil habitantes, começaram a concentrar seus esforços no imposto sobre serviços (ISS: Imposto Sobre Serviços); as cidades menores dependeram mais de fundos transferidos do governo estadual e federal através do fundo municipal de compartilhamento de receita (FPM: Fundo de Participação dos Municípios) (tabela 1). https://www.facebook.com/empregos.brasiil/posts/1395684590546689

O Instituto Federal de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA 2009) relata a perda da importância do IPTU como parte das receitas municipais diretas a nível nacional e o aumento das receitas do imposto sobre serviços – um imposto indireto que tende a ser regressivo. A participação do IPTU nas receitas municipais diretas diminuiu de 38% para 28% entre 1991 e 2007, fazendo com que ele perca sua posição para a ISS como a principal fonte de receita municipal direta (tabela 2).

Mundanas no IPTU BH

Uma mudança importante que afetou diretamente o IPTU ocorreu em dezembro de 2009, quando o Ministério das Cidades publicou a Lei de Resolução nº 511, que estabelece Diretrizes Nacionais para o Cadastro Multiuso (CTM: Cadastro Técnico Multifinalitário). Esta lei proporcionou aos governos locais um valioso instrumento padrão para basear suas propostas legislativas para atualizar a base de tributação do IPTU. O Lincoln Institute of Land Policy teve um papel importante no apoio ao desenvolvimento dos aspectos técnicos desta legislação.

A Lei de Resolução estabelece que a avaliação de imóveis para fins fiscais é um processo técnico que deve ser realizado de acordo com as diretrizes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para refletir o valor justo de mercado.

IPTU BH 2018

Também afirma que um IPTU efetivo promove a justiça fiscal e social garantindo um tratamento equitativo dos contribuintes. A atualização periódica da base tributária IPTU BH é recomendada (1) a cada quatro anos para cidades de 20 mil habitantes ou mais (cidades menores podem adotar ciclos mais longos); (2) quando o índice de avaliação for inferior a 70% ou superior a 100% em relação ao valor de mercado; ou (3) quando os valores da propriedade cumulativa não são distribuídos igualmente, conforme medido por um coeficiente de dispersão maior que 30 por cento.

Necessidade de receitas adicionais e a experiência da crise financeira de 2009 também influenciaram a decisão do prefeito. As reduções subsequentes da atividade econômica e das transferências federais convenceu o governo local de ter de estabelecer condições financeiras mais sustentáveis ​​para manter a autonomia administrativa. Intensificar o uso do IPTU e convencer os legisladores desta necessidade foi o primeiro passo na estrada para atualizar a base do imposto de propriedade.

Como é estabelecido o IPTU?

Uma vez que a reforma foi projetada e suas virtudes e vulnerabilidades foram identificadas, o projeto foi submetido primeiro ao conselho legislativo municipal para manter o foco naqueles com poderes para votar e aprovar o projeto de lei. É um erro comum buscar apoio popular antes ou durante o processo de votação, e o executivo muitas vezes perde a batalha se tentar agir em duas frentes ao mesmo tempo.

Uma vez apresentado aos legisladores, todos os pontos do projeto de reforma tributária foram completamente esclarecidos. Todos os aspectos, positivos ou negativos, foram discutidos no conselho e, é claro, os aspectos favoráveis ​​foram sempre comparados a quaisquer fraquezas notáveis. Os legisladores devem ser abrigados contra as dúvidas que sempre lhes são colocadas e constantemente estar bem informados e comprometidos com os critérios de justiça fiscal incorporados no projeto. Este é o papel principal do representante do prefeito, um dos principais membros do grupo central que implementou a reforma. Como esperado, no final de novembro de 2009, o projeto foi aprovado na segunda e última rodada.

O debate legislativo sobre o projeto de lei foi um fim em si e uma preparação para a apresentação pública do projeto. Durante o processo de aprovação legislativa, foram criadas muitas expectativas sobre a reforma, especialmente pela imprensa. A partir desse momento, a estratégia foi promover todos os benefícios do novo sistema de avaliação e coleta do IPTU para reprimir os medos até a chegada real da lei de impostos em janeiro de 2010.

This entry was posted in Serviços. Bookmark the permalink. Comments are closed, but you can leave a trackback: Trackback URL.